14.7.08

A importância de saber chegar a casa

Hoje resolvi partilhar este texto convosco, pois acredito que todas nós nos vemos confrontados com esta situação quer queiramos quer não. Foi enviado pela minha querida amiga Joana:

Mário Cordeiro, pediatra, disse na semana passada numa conferência organizada pelo Departamento de Assuntos Sociais e Culturais da Câmara Municipal de Oeiras, que muitas birras e até problemas mais graves poderiam ser evitados se os pais conseguissem largar tudo quando chegam a casa para se dedicarem inteiramente aos seus filhos durante dez minutos.
"Ao fim do dia os filhos têm tantas saudades dos pais e têm uma expectativa tão grande em relação ao momento da sua chegada a casa que bastava chegar, largar a pasta e o telemóvel e ficar exclusivamente disponível para eles, para os saciar. Passados dez minutos eles próprios deixam os pais naturalmente e voltam para as suas brincadeiras."
Estes dez minutos de atenção exclusiva servem para os tranquilizar, para eles sentirem que os pais também morrem de saudades deles e que são uma prioridade absoluta na sua vida. Claro que os dez minutos podem ser estendidos ou até encurtados conforme as circunstâncias do momento ou de cada dia. A ideia é que haja um tempo suficiente e de grande qualidade para estar com os filhos e dedicar-lhes toda a atenção.
Por incrível que pareça, esta atitude de largar tudo e desligar o telemóvel tem efeitos imediatos e facilmente verificáveis no dia-a-dia.
Todos os pais sabem por experiência própria que o cansaço do fim de dia, os nervos e stress acumulados, e ainda a falta de atenção ou disponibilidade para estar com os filhos, dá origem a uma espiral negativa de sentimentos, impaciências e birras.
Por outras palavras, uma criança que espera pelos pais o dia inteiro e, quando os vê chegar, não os sente disponíveis para ela, acaba fatalmente por chamar a sua atenção da pior forma. Por tudo isto e pelo que fica dito no início sobre a importância fundamental que os pais-homem têm no desenvolvimento dos seus filhos, é bom não perder de vista os timings e perceber que está nas nossas mãos fazer o tempo correr a nosso favor. "

In: Boletim de Julho da Acreditar

12 comentários:

Silvia disse...

concordo em absoluto - como alias concordo quase sempre c o mc - mas n explica qd se esta TODO o dia c as crias...lol

Ana disse...

só uma questão: então, e quando a birra começa logo de manhã, a um domingo? ;)

xxx

A

kriz disse...

muito bom mesmo. concordo na totalidade. as birras da luna aparecem sempe nos dias em que a atenção é menos dispenssada. tempo, para estar com eles é precioso, impagável.

bjs***

Princesa Julinha disse...

Temos a prova...por estes dias em que as tarefas são praticamente desempenhadas pelo pai, eu fico disponivel a 100% para a Ju, e tem sido um espectáculo! Não há birras (apesar de ela não ser muito disso)...as poucas que havia deixaram de existir. E quando tenho alguma coisa para fazer, fica o pai a brincar com ela...resulta mesmo.

Bjs

Monica disse...

É o que eu chamo de "abre olhos" ou "chamada de atenção"!
Gostei de ler, obrigada!
Beijos

Rita :-) disse...

Subscrevo!

Beijos,
Rita e Di :-)

margmamy disse...

E eu que ando com tantas saudadinhas da minha princesa... de passar com ela os dias inteiros ... e parece que o fim de semana passa a voar :0(
Precisamos de férias eheheh
Nota: LINDA , a tua filhota está simplesmente LINDA!

dangerously in love disse...

Por acaso ja tinha lido noutro blog...e concordo com tudo.
beijocas

Mãe Babada disse...

Sem dúvida que é uma pura verdade... temos que tentar estar 1000% disponível para eles mas a realidade é que temos sempre tanto para fazer quando chegamos a casa que é difícil às vezes.

Vais ao encontro no dia 26?

Beijinhos

joana disse...

Que engraçado, há uns 2 ou 3 dias também li este texto e também o achei super interessante!

Beijinhos

Paula disse...

Não tenho nada a acrescentar...tento todos os dias dar os 10 minutos ou mais!
Beijinhos

Helena Balan disse...

que interessante ... e sensato ...
embora nem sempre seja facil de cumprir ...
o meu marido tem chegado quase sempre dp das 20 horas a casa... e ta louco de vontade de tomar um banho, jantar e dp sim dar atenção aso 2 filhos